Conselho de Administração

Javier Escorriola

Norwegian Investment Fund for Developing Countries (NORFUND)

Javier Escorriola tem mais de 26 anos de experiência em investimentos de capital privado e financiamento de projetos em vários setores, tais como infraestrutura, energia renovável e setor financeiro. Teve a oportunidade de gerenciar equipes e portfólios baseados em diferentes países, incluindo a Costa Rica, o Reino Unido e os Estados Unidos. Durante este período fez parte de mais de 40 Conselhos de Administração. Atualmente, faz parte de 10 Conselhos de Administração em microfinanças, capital privado e fundos Fintech, em instituições financeiras e em uma ONG. Em 4 de esses conselhos exerce a função de Presidente do Conselho, sendo um de esses o Conselho de Diretores da CIFI. Desde 2006, ele é o Diretor Regional da Norfund. Como Diretor, ele é responsável por dirigir o escritório que faz investimentos tanto de capital quanto de dívida nos setores acima mencionados.
O Sr. Escorriola tem um Mestrado em Economia Bancária e Financeira pela Universidade de Sheffield, no Reino Unido. Ele também é bacharel em duas áreas, pela Universidade do Texas nos Estados Unidos, um em Administração de Empresas com especialização em Finanças e o segundo em Economia.

Javier Escorriola

Norwegian Investment Fund for Developing Countries (NORFUND)

Per Aage Jacobsen

Membro Independente

Com quase 35 anos de experiência bancária trabalhando para o Christiania Bank (agora Nordea) e DNB, Per Aage focalizou inicialmente em soluções estruturadas para a indústria naval e créditos à exportação. Mais tarde, ele passou a dedicar-se ao financiamento energético, concentrando-se nas energias renováveis. Chefe de financiamento de projetos de energia na DNB desde 2004, e chefe global de financiamento de projetos desde 2010. Ele se aposentou e saiu do banco em 2017.
Antes da carreira bancária ele trabalhou 5 anos para a NORAD (agência norueguesa de ajuda bilateral) em diferentes posições, incluindo 2 anos no Quênia como Representante Assistente Residente. Ele começou sua carreira profissional como Junior Professional Officer do PNUD em Bamako/Mali.
Possui um mestrado em Política Comparada da Universidade de Bergen.
Fluente em inglês e francês.
Ele é atualmente membro do Comitê de Investimentos da Norfund, faz parte do conselho consultivo de um fundo de dívida de energia renovável na África e do conselho administrativo de uma plataforma hidrelétrica de pequena escala na Noruega.

Per Aage Jacobsen

Miembro Independiente

Pertti Nurmio

The Finish Fund for Industrial Cooperation Ltd. (FINNFUND)

Pertti Nurmio é um finlandês com um Mestrado em Direito pela Universidade de Helsinque e um PMD da Escola de Negócios de Harvard.
Pertti é presidente e diretor geral da Investoole Oy, uma empresa familiar de assessoria e consultoria em dívida e capital privado. Trabalhou por quase duas décadas como investidor privado, responsável pela gestão e administração de vários fundos de crédito privados, mais recentemente Armada Mezzanine Capital Oy. Ele foi um dos fundadores da empresa.
Antes da Armada, Pertti foi sócio principal e chefe do mezzanine da Eqvitec Partners Oy. Nurmio também tem uma longa carreira como banqueiro corporativo em dois bancos nórdicos líderes, SEB Merchant Bank e Union Bank of Finland, incluindo missões em Singapura e Nova Iorque.
Pertti é membro do conselho de administração da Korkia, uma empresa finlandesa de gestão de ativos focada no desenvolvimento sustentável, e o principal consultor da Certior Capital, uma gestora de fundos de investimento alternativos focada principalmente em fundos de crédito privados europeus menores e atividades de co-investimento.
Ele também é membro do Comitê de Investimentos do Finnfund.
Além de seu finlandês nativo, Pertti é fluente em sueco e inglês. Seus passatempos são tênis, golfe e jardinagem. Ele é casado e tem um filho adulto.

Pertti Nurmio

The Finish Fund for Industrial Cooperation Ltd. (FINNFUND)

Joaquim Souza

Caixa Banco de Investimento, S.A.

Ele é investidor e executivo sênior com mais de 20 anos de experiência internacional em telecomunicações, mercados de capitais e bancos de investimento. Ele também tem uma longa experiência como membro não executivo do Conselho de Administração de várias instituições financeiras no Brasil, na África e na América Latina.
Atualmente ele é o assessor da JB Capital, em Portugal, uma das principais empresas de bancos de investimento da Espanha, e membro do conselho de administração de duas instituições: CIFI S.A. e Restoque S.A., uma das principais varejistas de moda do Brasil e listada na Bolsa de Valores de São Paulo (B3).
Até o início de 2020 ele foi diretor geral do CaixaBI, um dos principais bancos de investimento de Portugal e uma subsidiária do Grupo CGD, o grupo bancário estatal.
Anteriormente ele foi um alto executivo do Grupo Portugal Telecom no Brasil, como gerente de fusões e aquisições e desenvolvimento de negócios na Vivo e como diretor financeiro e vice-presidente executivo na Primesys. Mudou-se para Londres para fazer parte da Dynamo Capital como analista de investimentos sênior e sócio até 2009, quando partiu para co-fundar e administrar um fundo de investimento livre focado em mercados emergentes. Em 2012 ingressou na Caixa - Banco de Investimento, S.A., um dos principais bancos de investimento de Portugal, como membro da Equipe Executiva e foi promovido a CEO em 2013.
O Sr. Saldanha e Souza é formado em Economia e Finanças pela Nova School of Business and Economics (1993) e possui um MBA pela University of Virginia Darden School of Business (1999).

Joaquim Souza

Caixa Banco de Investimento, S.A.

Alison Harwood

Membro Independente

Alison Harwood trabalha para promover finanças sustentáveis e investimentos de impacto. Ela é membro sênior residente no Milken Institute para mobilizar capital privado para financiar os ODSs e líder reconhecida na construção de mercados de capitais em países de mercados emergentes. Alison foi anteriormente Diretora Global de Mercados de Capital do Grupo Banco Mundial, onde supervisionou uma carteira internacional de operações de consultoria para construir mercados locais para financiar o desenvolvimento. Anteriormente, Alison foi Diretora da Prática de Mercado de Capitais no Barents Group LLC e Consultora Residente em Reforma do Setor Financeiro no Harvard International Development Institute em Indonésia. Ela começou sua carreira no Federal Reserve Bank of New York. Alison publica artigos e é oradora regular sobre mercados emergentes e finanças sustentáveis. Ela faz parte do conselho de administração da CIFI, o Conselho Consultivo do Mercado de Valores e lidera o programa sobre finanças sustentáveis e verdes do Centro de Toronto, e do painel assessor da CMA da Kenia. Tem um M.B.A. e um Mestrado em Assuntos Internacionais pela Universidade de Columbia.

Alison Harwood

Miembro Independiente

Judith de Barany

Membro Independente

Judith de Barany foi inicialmente designada para o Conselho de Administração da CIFI pela Corporação Financeira Internacional (IFC/Banco Mundial), onde ela havia trabalhado como consultora em Washington DC. Anteriormente, ela fundou e dirigiu uma empresa de consultoria de fundos sediada na Europa. Antes disso, ela liderou equipes de bancos privados internacionais no JP Morgan, Bank of Boston e Bankers Trust em Nova York.
Judith tem mestrado pela Harvard Business School e é graduada em Economia pela Wellesley College. Ela é fluente em inglês, espanhol, português, francês e húngaro e possui dupla cidadania venezuelana e húngara. Ela também faz parte do Conselho de Administração da Agua Imara, uma empresa norueguesa de energia renovável focada em energia hidrelétrica na África e na América Central.

Judith de Barany

Miembro Independiente

Comitê de Auditoria

Javier Escorriola

Norwegian Investment Fund for Developing Countries (NORFUND)

Javier Escorriola tem mais de 26 anos de experiência em investimentos de capital privado e financiamento de projetos em vários setores, tais como infraestrutura, energia renovável e setor financeiro. Teve a oportunidade de gerenciar equipes e portfólios baseados em diferentes países, incluindo a Costa Rica, o Reino Unido e os Estados Unidos. Durante este período fez parte de mais de 40 Conselhos de Administração. Atualmente, faz parte de 10 Conselhos de Administração em microfinanças, capital privado e fundos Fintech, em instituições financeiras e em uma ONG. Em 4 de esses conselhos exerce a função de Presidente do Conselho, sendo um de esses o Conselho de Diretores da CIFI. Desde 2006, ele é o Diretor Regional da Norfund. Como Diretor, ele é responsável por dirigir o escritório que faz investimentos tanto de capital quanto de dívida nos setores acima mencionados.
O Sr. Escorriola tem um Mestrado em Economia Bancária e Financeira pela Universidade de Sheffield, no Reino Unido. Ele também é bacharel em duas áreas, pela Universidade do Texas nos Estados Unidos, um em Administração de Empresas com especialização em Finanças e o segundo em Economia.

Javier Escorriola

Norwegian Investment Fund for Developing Countries (NORFUND)

Judith de Barany

Diretor

Judith de Barany foi inicialmente designada para o Conselho de Administração da CIFI pela Corporação Financeira Internacional (IFC/Banco Mundial), onde ela havia trabalhado como consultora em Washington DC. Anteriormente, ela fundou e dirigiu uma empresa de consultoria de fundos sediada na Europa. Antes disso, ela liderou equipes de bancos privados internacionais no JP Morgan, Bank of Boston e Bankers Trust em Nova York.
Judith tem mestrado pela Harvard Business School e é graduada em Economia pela Wellesley College. Ela é fluente em inglês, espanhol, português, francês e húngaro e possui dupla cidadania venezuelana e húngara. Ela também faz parte do Conselho de Administração da Agua Imara, uma empresa norueguesa de energia renovável focada em energia hidrelétrica na África e na América Central.

Judith de Barany

Membro independente

Joaquim Souza

Caixa Banco de Investimento, S.A.

Ele é investidor e executivo sênior com mais de 20 anos de experiência internacional em telecomunicações, mercados de capitais e bancos de investimento. Ele também tem uma longa experiência como membro não executivo do Conselho de Administração de várias instituições financeiras no Brasil, na África e na América Latina.
Atualmente ele é o assessor da JB Capital, em Portugal, uma das principais empresas de bancos de investimento da Espanha, e membro do conselho de administração de duas instituições: CIFI S.A. e Restoque S.A., uma das principais varejistas de moda do Brasil e listada na Bolsa de Valores de São Paulo (B3).
Até o início de 2020 ele foi diretor geral do CaixaBI, um dos principais bancos de investimento de Portugal e uma subsidiária do Grupo CGD, o grupo bancário estatal.
Anteriormente ele foi um alto executivo do Grupo Portugal Telecom no Brasil, como gerente de fusões e aquisições e desenvolvimento de negócios na Vivo e como diretor financeiro e vice-presidente executivo na Primesys. Mudou-se para Londres para fazer parte da Dynamo Capital como analista de investimentos sênior e sócio até 2009, quando partiu para co-fundar e administrar um fundo de investimento livre focado em mercados emergentes. Em 2012 ingressou na Caixa - Banco de Investimento, S.A., um dos principais bancos de investimento de Portugal, como membro da Equipe Executiva e foi promovido a CEO em 2013.
O Sr. Saldanha e Souza é formado em Economia e Finanças pela Nova School of Business and Economics (1993) e possui um MBA pela University of Virginia Darden School of Business (1999).

Joaquim Souza

Caixa Banco de Investimento, S.A.

Terry McCoy

Membro Independente

Em 1968 Terry formou-se em Economia e Comércio pela Faculdade Militar Real em Kingston, Ontário, e serviu como oficial nas Forças Armadas Canadenses (Artilharia). Em 1975, Terry obteve um MBA em Finanças e Negócios Internacionais pela Universidade de Western Ontario, Canadá. Terry também é membro do Instituto de Banqueiros Canadenses e graduado (com honras) do Curso de Valores Canadenses.
Ele entrou para o Banco da Nova Escócia em junho de 1975 e passou 34 anos com o Scotiabank em cargos de gerência média e superior em vários países, incluindo Canadá, Hong Kong, Filipinas, Jamaica, Antilhas Holandesas e Panamá. Seus departamentos incluíram Auditoria Internacional, Adjudicação de Crédito, Financiamento de Navios, Empréstimo Sindicalizado, Banco Comercial e Varejo e Direção Geral. Seu último cargo foi vice-presidente e Diretor Geral do Scotiabank Panamá.
Após aposentar-se do Scotiabank, ele serviu por 5 anos no Conselho Administrativo da Escola Internacional do Panamá e foi presidente. De 2013 a 2018 ele serviu no Conselho de Administração e em vários Comitês, incluindo o Comitê de Auditoria, do Unibank S.A., um banco local panamenho. Além do Comitê de Auditoria da CIFI, ele atua como Country Manager para o Panamá do The Laureola Fund, um fundo sediado nas Bermudas focado em investimentos em liquidações de vida.

Terry McCoy

Membro independente

Carlos Poveda

Auditor Interno

Como Auditor Interno, realiza avaliações periódicas da eficácia do sistema de controle estabelecido na Corporação. Ele desempenha uma função permanente de consultoria e assessoria para garantir a qualidade e a pontualidade da emissão de demonstrações financeiras, bem como o cumprimento de obrigações formais com reguladores, instituições de crédito e outras entidades externas relevantes. Ele se reporta diretamente ao Comitê de Auditoria do Conselho de Administração.

Carlos é um profissional altamente orientado a controle, conformidade e garantia de qualidade com mais de 30 anos de experiência em diferentes países da América Latina, em áreas como auditoria externa e interna, incluindo conformidade regulamentar e gestão de risco em bancos multinacionais, fundos de investimento de pensão e finanças corporativas. Além disso, ele ocupou cargos de gerenciamento financeiro em empresas de trânsito de massa e cargos regionais de controladoria em instituições de ensino superior na América Central.

Ele é formado em Contabilidade Pública pela Universidad Central de Colombia, especialização em Direito Financeiro pela Universidad de Los Andes na Colômbia, bem como um diploma em Normas Internacionais de Informação Financeira pela Universidad UNESCPA. Ele possui uma certificação ISO 9000 de auditor de qualidade interna e treinamento em aspectos contábeis e técnicos de derivativos financeiros.

Ele ingressou na CIFI em 2018 como Diretor de Conformidade Corporativa, assumindo a Auditoria Interna em 2020.

Carlos Poveda

Auditor Interno

Comitê de Compensação

Javier Escorriola

Norwegian Investment Fund for Developing Countries (NORFUND)

Javier Escorriola tem mais de 26 anos de experiência em investimentos de capital privado e financiamento de projetos em vários setores, tais como infraestrutura, energia renovável e setor financeiro. Teve a oportunidade de gerenciar equipes e portfólios baseados em diferentes países, incluindo a Costa Rica, o Reino Unido e os Estados Unidos. Durante este período fez parte de mais de 40 Conselhos de Administração. Atualmente, faz parte de 10 Conselhos de Administração em microfinanças, capital privado e fundos Fintech, em instituições financeiras e em uma ONG. Em 4 de esses conselhos exerce a função de Presidente do Conselho, sendo um de esses o Conselho de Diretores da CIFI. Desde 2006, ele é o Diretor Regional da Norfund. Como Diretor, ele é responsável por dirigir o escritório que faz investimentos tanto de capital quanto de dívida nos setores acima mencionados.
O Sr. Escorriola tem um Mestrado em Economia Bancária e Financeira pela Universidade de Sheffield, no Reino Unido. Ele também é bacharel em duas áreas, pela Universidade do Texas nos Estados Unidos, um em Administração de Empresas com especialização em Finanças e o segundo em Economia.

Javier Escorriola

Norwegian Investment Fund for Developing Countries (NORFUND)

Judith de Barany

Diretor

Judith de Barany foi inicialmente designada para o Conselho de Administração da CIFI pela Corporação Financeira Internacional (IFC/Banco Mundial), onde ela havia trabalhado como consultora em Washington DC. Anteriormente, ela fundou e dirigiu uma empresa de consultoria de fundos sediada na Europa. Antes disso, ela liderou equipes de bancos privados internacionais no JP Morgan, Bank of Boston e Bankers Trust em Nova York.
Judith tem mestrado pela Harvard Business School e é graduada em Economia pela Wellesley College. Ela é fluente em inglês, espanhol, português, francês e húngaro e possui dupla cidadania venezuelana e húngara. Ela também faz parte do Conselho de Administração da Agua Imara, uma empresa norueguesa de energia renovável focada em energia hidrelétrica na África e na América Central.

Judith de Barany

Membro independente

César Cañedo-Argüelles

Diretor Executivo

César Cañedo Argüelles é um membro fundador da CIFI (2001) e é CEO desde 2015.
Nesta posição ele liderou o crescimento e a expansão da empresa, bem como o constante desenvolvimento de sua equipe administrativa e de todos os associados. Ele é um visionário empresarial que fez da CIFI um player de referência no financiamento de projetos de infraestrutura com impacto sustentável na região, bem como uma figura relevante no mercado de capitais.

Dentro da CIFI, César tem sido Diretor de Desenvolvimento de Negócios e Diretor da equipe de Financiamento Estruturado e de Projetos.
Como timoneiro da CIFI, César tem conduzido a empresa a sucessos significativos. Ele conseguiu estabilizar o faturamento anual dos serviços de assessoria financeira em US$ 7 milhões de dólares. Ele também a levou a aumentar seus ativos sob gestão (incluindo carteira de empréstimos e fundos) para US$600 milhões. Durante sua liderança, a CIFI diversificou as fontes de financiamento para tornar-se uma emissora de títulos no Panamá, El Salvador, Honduras, Costa Rica e Colômbia.

Sob a administração de Cañedo Argüelles, a CIFI também lançou novos produtos na região. Por exemplo, a criação da filial de gestão de fundos, através da subsidiária CIFI Asset Management, alcançando o primeiro fundo em moeda local na República Dominicana equivalente a US$ 280 milhões, e a criação de um programa de securitização de US$ 100 milhões com os Fundos de Pensão em El Salvador. Está atualmente em processo de levantamento de um fundo de infraestrutura sustentável de US$ 300 milhões e um fundo em moeda local no Brasil equivalente a US$ 100 milhões.

Vale ressaltar que nos últimos 4 anos a empresa proporcionou um retorno estável ao acionista de mais de 8%.

Antes de se juntar à fundação da CIFI, César já se desenvolvia profissionalmente no setor financeiro, infraestrutura e investimentos. Foi Diretor Financeiro (1999-2001) e Diretor de Desenvolvimento de Negócios Internacionais (1994-1999) na PROINTEC, uma empresa de engenharia e consultoria de infraestrutura. Ali ele colocou sua marca no desenvolvimento de uma dúzia de projetos de sucesso em toda a América Latina, Ásia e África.
Apaixonado por implementar e gerenciar grandes projetos de energia, transporte, telecomunicações, hídricas e desenvolvimento das capacidades , levou a sua visão de trazer o financiamento de estruturas e projetos similares para o mercado médio da América Latina e do Caribe.
Dando continuidade à sua visão empreendedora, César traçou um novo rumo que visa fazer com que a CIFI administre US$ 1 bilhão até 2023, tornando a CIFI um importante agente do Middle market na América Latina e no Caribe.

César Cañedo Argüelles é Bacharel em Administração de Empresas e Finanças pela Universidade de Saint Louis (Missouri, EUA) e Mestrado em Finanças pelo Instituto de Empresa e Mestrado em Administração de Empresas pelo Centro de Estudos Financeiros, em Madrid Espanha.

César Cañedo-Argüelles

Diretor Executivo

Comitê de Crédito

César Cañedo-Argüelles

Diretor Executivo

César Cañedo Argüelles é um membro fundador da CIFI (2001) e é CEO desde 2015.
Nesta posição ele liderou o crescimento e a expansão da empresa, bem como o constante desenvolvimento de sua equipe administrativa e de todos os associados. Ele é um visionário empresarial que fez da CIFI um player de referência no financiamento de projetos de infraestrutura com impacto sustentável na região, bem como uma figura relevante no mercado de capitais.

Dentro da CIFI, César tem sido Diretor de Desenvolvimento de Negócios e Diretor da equipe de Financiamento Estruturado e de Projetos.
Como timoneiro da CIFI, César tem conduzido a empresa a sucessos significativos. Ele conseguiu estabilizar o faturamento anual dos serviços de assessoria financeira em US$ 7 milhões de dólares. Ele também a levou a aumentar seus ativos sob gestão (incluindo carteira de empréstimos e fundos) para US$600 milhões. Durante sua liderança, a CIFI diversificou as fontes de financiamento para tornar-se uma emissora de títulos no Panamá, El Salvador, Honduras, Costa Rica e Colômbia.

Sob a administração de Cañedo Argüelles, a CIFI também lançou novos produtos na região. Por exemplo, a criação da filial de gestão de fundos, através da subsidiária CIFI Asset Management, alcançando o primeiro fundo em moeda local na República Dominicana equivalente a US$ 280 milhões, e a criação de um programa de securitização de US$ 100 milhões com os Fundos de Pensão em El Salvador. Está atualmente em processo de levantamento de um fundo de infraestrutura sustentável de US$ 300 milhões e um fundo em moeda local no Brasil equivalente a US$ 100 milhões.

Vale ressaltar que nos últimos 4 anos a empresa proporcionou um retorno estável ao acionista de mais de 8%.

Antes de se juntar à fundação da CIFI, César já se desenvolvia profissionalmente no setor financeiro, infraestrutura e investimentos. Foi Diretor Financeiro (1999-2001) e Diretor de Desenvolvimento de Negócios Internacionais (1994-1999) na PROINTEC, uma empresa de engenharia e consultoria de infraestrutura. Ali ele colocou sua marca no desenvolvimento de uma dúzia de projetos de sucesso em toda a América Latina, Ásia e África.
Apaixonado por implementar e gerenciar grandes projetos de energia, transporte, telecomunicações, hídricas e desenvolvimento das capacidades , levou a sua visão de trazer o financiamento de estruturas e projetos similares para o mercado médio da América Latina e do Caribe.
Dando continuidade à sua visão empreendedora, César traçou um novo rumo que visa fazer com que a CIFI administre US$ 1 bilhão até 2023, tornando a CIFI um importante agente do Middle market na América Latina e no Caribe.

César Cañedo Argüelles é Bacharel em Administração de Empresas e Finanças pela Universidade de Saint Louis (Missouri, EUA) e Mestrado em Finanças pelo Instituto de Empresa e Mestrado em Administração de Empresas pelo Centro de Estudos Financeiros, em Madrid Espanha.

César Cañedo-Argüelles

Diretor Executivo

Fabio Arciniegas

Diretor de Operações

Fabio Arciniegas, como VP de Operações, supervisiona todos os riscos da empresa (crédito, mercado, liquidez, conformidade, reputação, operacional, legal e E&S), incluindo os ativos em dificuldades. Ele também é responsável pelo suporte operacional diário, incluindo back-office, contabilidade e informática. Ele é membro dos Comitês de Elegibilidade, ALCO e Crédito, e secretário do Comitê de Risco CIFI.
Fabio é um executivo sênior decisivo, orientado para a ação e com mais de 25 anos de experiência em ambientes bastante diversificados, como bancos, infraestrutura, energia e indústrias de manufatura.
Ele é um líder de equipe com capacidade comprovada para alcançar efetivamente os objetivos através de uma gestão sólida, liderança eficaz e habilidades analíticas, com sucesso comprovado na mitigação de riscos em empresas com problemas de alavancagem na América Latina.
Tem um doutorado em Estatística e um mestrado em Pesquisa Operacional e Gerenciamento de Infraestrutura pelo Instituto Politécnico Rensselaer, e bacharelado em Engenharia Civil pela Universidad de los Andes (Colômbia).
Está certificado como Gerente de Risco Financeiro (FRM) pela Associação Global de Profissionais de Risco (GARP), e como PMP pelo Instituto de Gerenciamento de Projetos. Ele também foi membro do Comitê de Risco na Associação Bancária do Panamá (2012-2015), onde o Comitê supervisionou a análise, discussão e negociação do novo Acordo No. 4-2013, que estabeleceu toda a regulamentação relacionada ao gerenciamento de risco de crédito, desde a originação até as reservas de crédito e modelos de risco de crédito, seguindo o Acordo de Basiléia II.
Ingressou na CIFI em 2016 e tornou-se acionista da Valora em 2019.

Fabio Arciniegas

Diretor de Operações

Jose Salaverria

VP Jurídico

José H. Salaverría T. é um advogado corporativo, financeiro e transacional experiente, com ampla experiência em transações transfronteiriças nos setores de energia e infraestrutura na América Latina e Caribe. Ele é membro da equipe fundadora da CIFI desde 2002, quando ingressou na empresa como Assessor Jurídico, e em 2012 passou a ser Assessor Geral, responsável por dirigir todos os assuntos legais da empresa e administrar o departamento jurídico.
Durante seu mandato na CIFI ele liderou e supervisionou a estruturação, negociação, fechamento e monitoramento de mais de US$1,5 bilhão em ativos e todos os seus passivos tanto no mercado de empréstimos sindicalizados quanto no mercado de capitais, ao mesmo tempo que liderou os assuntos corporativos e regulatórios da CIFI (incluindo consultoria em auditoria, orçamento, conformidade, emprego, governança, apresentações de investidores, litígio, títulos e planejamento tributário). Desde janeiro de 2021, ele é membro do Comitê de Crédito da CIFI. Antes de ingressar na CIFI, entre 1996 e 2001, ele foi associado da Torres, Plaz & Araujo, um conhecido escritório de advocacia corporativa e tributária em Caracas (Venezuela), onde assessorou empresas multinacionais com negócios no país. Em 1998 foi enviado como consultor jurídico interno da EPIC, Exploración & Producción, Entidad de Inversión Colectiva, uma subsidiária da PDVSA, para liderar seu departamento jurídico na oferta pública inicial de ações avaliada em 450 milhões de dólares nos mercados de capitais venezuelanos e de Nova York (naquele momento era a maior oferta pública inicial na Venezuela).
Tem um Mestrado em Administração de Empresas (2003) pela Kogod School of Business, American University, Washington, DC; um Mestrado em Direito Comercial Internacional (1995) pela George Washington University, School of Law, Washington, DC; e um Doutorado (1992) pela Universidad Central de Venezuela, Faculdade de Direito, Caracas, Venezuela.

Jose Salaverria

VP Jurídico

Juan Pablo Moreno

Independente

Juan Pablo Moreno foi nomeado como membro independente do Comitê de Crédito da CIFI no início de 2019. O Sr. Moreno tem mais de vinte anos de experiência no gerenciamento de riscos financeiros. Atualmente ele é o Diretor de Análise de Risco de Portfólio da Freddie Mac liderando uma equipe de risco que supervisiona as carteiras unifamiliar e multifamiliar. Anteriormente, ele foi vice-presidente e chefe de Risco de Investimento da Legg Mason Asset Management. O Sr. Moreno trabalhou para nós durante dez anos e foi nosso antigo Diretor de Risco, responsável pelo desenvolvimento e conformidade com nossa política de gerenciamento de risco e níveis de tolerância de risco, incluindo riscos ambientais e sociais. Ele é um gerente de risco profissional aprovado pela PRMIA. O Sr. Moreno tem um mestrado em Finanças pela Universidade George Washington e Bacharel em Engenharia Financeira pela Universidade de Columbia, NY.

Juan Pablo Moreno

Membro Independente

Ana Maria Vidaurre

Independente

Ana María Vidaurre tem mais de 24 anos de experiência profissional e uma extensa trajetória em investimentos sustentáveis, financiamento do desenvolvimento e parcerias público-privadas.
Atualmente ela é Gerente de Fusões e Aquisições de Energia Renovável na Cepsa e apoia a empresa em sua transição energética. Anteriormente, ela era consultora principal da Sonnedix, um produtor global de energia solar, e foi diretora geral da empresa de consultoria financeira Rubicon Capital Advisors.
Suas funções anteriores incluem Diretora Geral e Chefe de Investimentos em Infraestruturas na América Latina para a Caisse de dépôt et placement du Québec (CDPQ) em Montreal. Nesta função, ela foi responsável pela definição da estratégia de investimento e distribuição de capital em infraestruturas na América Latina para a segunda maior gestora de fundos de pensão do Canadá.
Ela também desempenhou várias funções no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e no Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), onde liderou a criação e a estruturação de financiamento para projetos de infraestrutura em toda a América Latina.
A Sra. Vidaurre é uma profissional multicultural, com residência e treinamento na Venezuela, França, Estados Unidos, Canadá e Espanha. Ela é fluente em espanhol, inglês e francês, e nível avançado em português. Ela faz parte de vários conselhos de administração, incluindo o da empresa rodoviária mexicana Conmex e o da empresa de energia renovável Kino no México.
Ana María é formada em Administração de Empresas pela Universidad Metropolitana de Caracas, Venezuela, e tem um MBA da ESSEC Business School em Paris, França.

Ana Maria Vidaurre

Membro Independente

Comitê de Riesgos

Per Aage Jacobsen

Diretor

Com quase 35 anos de experiência bancária trabalhando para o Christiania Bank (agora Nordea) e DNB, Per Aage focalizou inicialmente em soluções estruturadas para a indústria naval e créditos à exportação. Mais tarde, ele passou a dedicar-se ao financiamento energético, concentrando-se nas energias renováveis. Chefe de financiamento de projetos de energia na DNB desde 2004, e chefe global de financiamento de projetos desde 2010. Ele se aposentou e saiu do banco em 2017.
Antes da carreira bancária ele trabalhou 5 anos para a NORAD (agência norueguesa de ajuda bilateral) em diferentes posições, incluindo 2 anos no Quênia como Representante Assistente Residente. Ele começou sua carreira profissional como Junior Professional Officer do PNUD em Bamako/Mali.
Possui um mestrado em Política Comparada da Universidade de Bergen.
Fluente em inglês e francês.
Ele é atualmente membro do Comitê de Investimentos da Norfund, faz parte do conselho consultivo de um fundo de dívida de energia renovável na África e do conselho administrativo de uma plataforma hidrelétrica de pequena escala na Noruega.

Per Aage Jacobsen

Membro Independente

Gerenciamento de Risco

Processo de Gerenciamento de Risco

O principal objetivo do Sistema de Gerenciamento de Risco Empresarial (ERM) da CIFI é alcançar uma base regulatória coerente alinhada com nosso modelo de negócios que promova uma cultura de risco corporativo inerente a todas as áreas e tenha influência numa participação proativa frente aos riscos, de modo que todas as áreas possam identificar, medir, monitorar, controlar e reportar todos os riscos aos quais estão expostas.

A identificação é uma componente chave do ERM da CIFI, que inclui técnicas de identificação precoce, um apetite e tolerância a risco bem definido para identificar os riscos enfrentados pela organização.

Processo de Gerenciamento de Risco

O principal objetivo do Sistema de Gerenciamento de Risco Empresarial (ERM) da CIFI é alcançar uma base regulatória coerente alinhada com nosso modelo de negócios que promova uma cultura de risco corporativo inerente a todas as áreas e tenha influência numa participação proativa frente aos riscos, de modo que todas as áreas possam identificar, medir, monitorar, controlar e reportar todos os riscos aos quais estão expostas.

A identificação é uma componente chave do ERM da CIFI, que inclui técnicas de identificação precoce, um apetite e tolerância a risco bem definido para identificar os riscos enfrentados pela organização.

Equipe de Gerenciamento

César Cañedo-Argüelles

Diretor Executivo

César Cañedo Argüelles é um membro fundador da CIFI (2001) e é CEO desde 2015.
Nesta posição ele liderou o crescimento e a expansão da empresa, bem como o constante desenvolvimento de sua equipe administrativa e de todos os associados. Ele é um visionário empresarial que fez da CIFI um player de referência no financiamento de projetos de infraestrutura com impacto sustentável na região, bem como uma figura relevante no mercado de capitais.

Dentro da CIFI, César tem sido Diretor de Desenvolvimento de Negócios e Diretor da equipe de Financiamento Estruturado e de Projetos.
Como timoneiro da CIFI, César tem conduzido a empresa a sucessos significativos. Ele conseguiu estabilizar o faturamento anual dos serviços de assessoria financeira em US$ 7 milhões de dólares. Ele também a levou a aumentar seus ativos sob gestão (incluindo carteira de empréstimos e fundos) para US$600 milhões. Durante sua liderança, a CIFI diversificou as fontes de financiamento para tornar-se uma emissora de títulos no Panamá, El Salvador, Honduras, Costa Rica e Colômbia.

Sob a administração de Cañedo Argüelles, a CIFI também lançou novos produtos na região. Por exemplo, a criação da filial de gestão de fundos, através da subsidiária CIFI Asset Management, alcançando o primeiro fundo em moeda local na República Dominicana equivalente a US$ 280 milhões, e a criação de um programa de securitização de US$ 100 milhões com os Fundos de Pensão em El Salvador. Está atualmente em processo de levantamento de um fundo de infraestrutura sustentável de US$ 300 milhões e um fundo em moeda local no Brasil equivalente a US$ 100 milhões.

Vale ressaltar que nos últimos 4 anos a empresa proporcionou um retorno estável ao acionista de mais de 8%.

Antes de se juntar à fundação da CIFI, César já se desenvolvia profissionalmente no setor financeiro, infraestrutura e investimentos. Foi Diretor Financeiro (1999-2001) e Diretor de Desenvolvimento de Negócios Internacionais (1994-1999) na PROINTEC, uma empresa de engenharia e consultoria de infraestrutura. Ali ele colocou sua marca no desenvolvimento de uma dúzia de projetos de sucesso em toda a América Latina, Ásia e África.
Apaixonado por implementar e gerenciar grandes projetos de energia, transporte, telecomunicações, hídricas e desenvolvimento das capacidades , levou a sua visão de trazer o financiamento de estruturas e projetos similares para o mercado médio da América Latina e do Caribe.
Dando continuidade à sua visão empreendedora, César traçou um novo rumo que visa fazer com que a CIFI administre US$ 1 bilhão até 2023, tornando a CIFI um importante agente do Middle market na América Latina e no Caribe.

César Cañedo Argüelles é Bacharel em Administração de Empresas e Finanças pela Universidade de Saint Louis (Missouri, EUA) e Mestrado em Finanças pelo Instituto de Empresa e Mestrado em Administração de Empresas pelo Centro de Estudos Financeiros, em Madrid Espanha.

César Cañedo-Argüelles

Diretor Executivo

Ramón Candia

Diretor de Inverstimentos

Ramon Candia é um profissional de banco de investimentos com mais de 20 anos de experiência e é o Diretor de Investimentos da CIFI. Nos últimos anos ele tem se concentrado nos setores de infraestrutura e tecnologias limpas. Participou ativamente no financiamento, estruturação, desenvolvimento, negociação, criação de estratégias comerciais e gerenciamento de portfólios em vários continentes. Representou seus empregadores como membro do conselho de administração em várias empresas. Em 2003 ele obteve um MBA em Finanças pela Universidade Purdue. E se propôs a avançar profissionalmente trabalhando em várias indústrias, ele é fluente em inglês, espanhol, alemão e possui um nível básico de português, habilidades que lhe permitiram prosperar na indústria internacionalmente.

Ramón Candia

Diretor de Investimentos

Carla Chízmar

Diretora de Ambiental, Social e Governança

Carla Chizmar é responsável pelo departamento de ASG na CIFI, encarregada de desenvolver e implementar uma estratégia de ESG de acordo com o plano de negócios da empresa. Ela é Bacharel em Biologia, especializada em botânica pela Universidade do Panamá, Mestrado em Ciência Ambiental pela Universidade de Yale e é certificada em Finanças e Implantação de Energia Limpa por um programa em conjunto da Escola do Meio Ambiente de Yale e da Escola de Administração de Yale.
Ela tem 18 anos de experiência em pesquisa científica, ciência aplicada em questões globais, desenvolvimento sustentável, energia limpa, mudança climática, empréstimo verde e investimento de impacto. Antes de vir para a CIFI, Carla trabalhou extensivamente na América Latina e no Caribe com organizações de pesquisa científica (Smithsonian), academia (Universidade de Yale) e organizações multilaterais (Nações Unidas).

Na CIFI, ela supervisiona a gestão dos riscos e impactos ambientais e sociais antes dos investimentos, monitora o desempenho da carteira ESG, a conformidade com a estrutura política da CIFI, o engajamento das partes interessadas, a identificação de oportunidades de negócios e financiamento verde, o desenvolvimento de ferramentas e relatórios transparentes. Carla está atualmente desenvolvendo uma Estratégia de Descarbonização para alinhar a carteira de investimentos da CIFI com uma economia de 1,5°C, é responsável pela Estratégia de igualdade de Gênero da empresa e pelos compromissos de direitos humanos em todos os nossos investimentos.

Ela fez parte da equipe que emitiu o primeiro Programa Bônus Verdes no Panamá por US$ 200 milhões, projetou um Software ASG, um Indicador Chave de Risco e um Sistema de Pontuação para gerenciar os riscos do ASG. Carla é membro do Comitê Diretivo da Associação de Princípios do Equador e líder da Rede Regional para a América Latina.

Ela tem ampla experiência técnica, é orientada para resultados, tem fortes habilidades de networking, pensamento analítico-criativo, excelente capacidade de organização e comunicação, é proativa e uma excelente pesquisadora com gerenciamento de conhecimento. Ela é fluente em espanhol, inglês e português.

Ela está na CIFI desde 2016, juntou-se à equipe administrativa da empresa em 2018 e tornou-se acionista da Valora em 2019.

Carla Chízmar

Diretora de Ambiental, Social e de Governança

Jose Salaverria

VP Jurídico

José H. Salaverría T. é um advogado corporativo, financeiro e transacional experiente, com ampla experiência em transações transfronteiriças nos setores de energia e infraestrutura na América Latina e Caribe. Ele é membro da equipe fundadora da CIFI desde 2002, quando ingressou na empresa como Assessor Jurídico, e em 2012 passou a ser Assessor Geral, responsável por dirigir todos os assuntos legais da empresa e administrar o departamento jurídico.
Durante seu mandato na CIFI ele liderou e supervisionou a estruturação, negociação, fechamento e monitoramento de mais de US$1,5 bilhão em ativos e todos os seus passivos tanto no mercado de empréstimos sindicalizados quanto no mercado de capitais, ao mesmo tempo que liderou os assuntos corporativos e regulatórios da CIFI (incluindo consultoria em auditoria, orçamento, conformidade, emprego, governança, apresentações de investidores, litígio, títulos e planejamento tributário). Desde janeiro de 2021, ele é membro do Comitê de Crédito da CIFI. Antes de ingressar na CIFI, entre 1996 e 2001, ele foi associado da Torres, Plaz & Araujo, um conhecido escritório de advocacia corporativa e tributária em Caracas (Venezuela), onde assessorou empresas multinacionais com negócios no país. Em 1998 foi enviado como consultor jurídico interno da EPIC, Exploración & Producción, Entidad de Inversión Colectiva, uma subsidiária da PDVSA, para liderar seu departamento jurídico na oferta pública inicial de ações avaliada em 450 milhões de dólares nos mercados de capitais venezuelanos e de Nova York (naquele momento era a maior oferta pública inicial na Venezuela).
Tem um Mestrado em Administração de Empresas (2003) pela Kogod School of Business, American University, Washington, DC; um Mestrado em Direito Comercial Internacional (1995) pela George Washington University, School of Law, Washington, DC; e um Doutorado (1992) pela Universidad Central de Venezuela, Faculdade de Direito, Caracas, Venezuela.

Jose Salaverria

VP Jurídico

Fabio Arciniegas

Diretor de Operações

Fabio Arciniegas, como VP de Operações, supervisiona todos os riscos da empresa (crédito, mercado, liquidez, conformidade, reputação, operacional, legal e E&S), incluindo os ativos em dificuldades. Ele também é responsável pelo suporte operacional diário, incluindo back-office, contabilidade e informática. Ele é membro dos Comitês de Elegibilidade, ALCO e Crédito, e secretário do Comitê de Risco CIFI.
Fabio é um executivo sênior decisivo, orientado para a ação e com mais de 25 anos de experiência em ambientes bastante diversificados, como bancos, infraestrutura, energia e indústrias de manufatura.
Ele é um líder de equipe com capacidade comprovada para alcançar efetivamente os objetivos através de uma gestão sólida, liderança eficaz e habilidades analíticas, com sucesso comprovado na mitigação de riscos em empresas com problemas de alavancagem na América Latina.
Tem um doutorado em Estatística e um mestrado em Pesquisa Operacional e Gerenciamento de Infraestrutura pelo Instituto Politécnico Rensselaer, e bacharelado em Engenharia Civil pela Universidad de los Andes (Colômbia).
Está certificado como Gerente de Risco Financeiro (FRM) pela Associação Global de Profissionais de Risco (GARP), e como PMP pelo Instituto de Gerenciamento de Projetos. Ele também foi membro do Comitê de Risco na Associação Bancária do Panamá (2012-2015), onde o Comitê supervisionou a análise, discussão e negociação do novo Acordo No. 4-2013, que estabeleceu toda a regulamentação relacionada ao gerenciamento de risco de crédito, desde a originação até as reservas de crédito e modelos de risco de crédito, seguindo o Acordo de Basiléia II.
Ingressou na CIFI em 2016 e tornou-se acionista da Valora em 2019.

Fabio Arciniegas

Diretor de Operações